Blog

O que é Branding e como ele pode transformar o seu negócio para melhor

Você certamente já ouviu falar em Branding, da importância desse conceito e de como as empresas estão inovando na hora de estabelecer suas marcas no mercado. Mas você sabe realmente o que é Branding? Sua empresa está de fato colocando em prática um plano estratégico de posicionamento de marca? 

O principal erro cometido por empresas dos mais diferentes tipos é confundir marca com Branding. Embora sejam conceitos similares e até complementares, na prática as coisas funcionam de modo mais complexo – e é sobre isso que falaremos hoje. 

O que é Branding e como ele pode transformar o seu negócio para melhor

O que é Branding afinal?

Nós da BeMark gostamos da definição de Branding criada a partir da marca. Não é possível compreender um conceito sem o outro. Segundo a American Marketing Association marca é:

“Um nome, termo, design, símbolo ou qualquer outro recurso que identifique o bem ou serviço de um vendedor como distinto do de outros vendedores” 

Ou seja, a marca é o modo como os clientes irão identificar o seu produto ou serviço dentro de um mar de opções. Algumas vezes o produto pode ser absolutamente o mesmo, mas a marca cria no consumidor percepções diferentes. 

Quer um exemplo? Pepsi e Coca-Cola são bem parecidas no sabor, mas na hora de comprar você certamente sabe qual das marcas é a que melhor combina com o seu estilo. Repare bem, estamos falando de “estilo” e não sabor. 

Outro exemplo clássico é o das águas minerais. Boa parte das águas comercializadas tem apenas gosto de água, certo? O que leva alguém a comprar Perrier e não Minalba é bem mais uma questão de estilo do que de sabor. 

Quando falamos de Branding estamos dando um passo além dentro desse pensamento. Segundo o mestre do marketing moderno Philip Kotler:

“Branding é incumbir produtos e serviços com o poder de uma marca.”

Em outras palavras: a marca é o substantivo. O Branding é adjetivo. A marca nomeia uma empresa, o Branding a diferencia das demais. 

A principal função do Branding é dar um novo sentido na mente dos consumidores em relação a uma empresa, organização, serviço ou produto. Essa estratégia ajuda os clientes a identificarem claramente quais são os valores de sua empresa e por que ela é diferente das demais no mesmo setor. 

Sem o Branding o seu negócio possui apenas uma marca, que pode ser única, especial, verdadeira – mas não será capaz de se fixar na mente do consumidor e de transmitir um valor real. 

O que é Branding e como ele pode transformar o seu negócio para melhor

Para que serve o Branding?

Além de todas as vantagens que já apontamos, o Branding funciona como uma ponte entre as ideias de sua empresa e as necessidades dos seus clientes. Na BeMark criamos um planejamento estratégico de Branding que atua da seguinte forma:

  • Definição da marca: os objetivos de sua marca devem ser estabelecidos visando transmitir uma mensagem clara aos seus clientes. São definidos os valores de sua empresa bem como a promessa que ela pretende cumprir junto ao público-alvo.  
  • Identidade da marca: nome, estilo, design de identidade visual incluindo design do logotipo, tipografia, paleta de cores e afins. 
  • Veículos para divulgação da marca: a maioria dos produtos e serviços pode usufruir dos meios digitais para divulgar suas marcas. É aqui que entra a criação de sites, blogs para a criação de conteúdo, perfis em redes sociais e todo tipo de comunicação direta com o público conectado. 
  • Design de produto: rótulos, etiquetas, banners e todo tipo de material impresso que irão representar a sua marca diante dos olhos e mãos dos clientes. 
  • Experiência de espaço de vendas: cores das lojas, layout da decoração e padronização do estilo de todo o ambiente onde o cliente realiza suas compras. Pode ser tanto na loja física quanto na virtual. No caso do e-commerce, o site deverá representar o estilo de sua empresa sem abrir mão da agilidade e segurança dos dados dos clientes. 
  • Atendimento ao cliente: o Branding atua também no sistema de relacionamento com o consumidor. Damos especial destaque aos canais sociais. Neste modelo, uma empresa pode divulgar um novo produto através das redes sociais e no mesmo canal disponibilizar um chat para que o consumidor faça pedidos, reclamações ou sugestões. 

 

O que é Branding e como ele pode transformar o seu negócio para melhor

Por que o Branding é importante?

Ainda há muita dúvida sobre o verdadeiro valor do Branding e muitas empresas não sabem por onde começar. Pode ficar tranquilo, estamos aqui para lhe ajudar com isso. 

Essa confusão entre Branding, marca e posicionamento de mercado ocorre por conta de um modelo tradicional de marketing que não tem mais lugar na era digital. Com o avanço da internet, os consumidores podem comparar rapidamente entre duas empresas similares. Na maioria das vezes não é o preço ou a qualidade do produto que define o ato da compra – é o Branding. 

Os consumidores buscam sempre marcas que dialoguem com os seus valores. Um bom exemplo são os produtos da Apple, que possuem um Branding fundamentado em conceitos como sofisticação, solidez e exclusividade. Já a marca sul-coreana Samsung, principal rival da Apple no setor de smartphones, possui um branding focado na variedade, ousadia e personalidade. 

Neste caso não existe modelo de Branding certo ou errado, mas públicos diferentes, com visões e valores diferentes, se comunicando com as empresas dentro de conjuntos de conceitos diferentes. 

A nossa lista de vantagens do Branding é grande, mas pelo menos 4 coisas são essenciais para você decidir por investir nesse setor em sua empresa. Acompanhe:

 

1 – O Branding cria senso de valor

O Branding é o ponto de virada para que uma empresa passe a lucrar não apenas pela relação criação e venda, mas também pelo valor de mercado. Ele determina o preço de um produto e serviço além dos elementos básicos de manufatura. Esse “Q” a mais representa parte ativa do faturamento de diversas companhias.

Neste caso o Branding pode converter sua marca de um simples logotipo para sinônimo de valor e autoridade. Essa talvez seja a maior qualidade de um Branding bem realizado: a noção de que a empresa vale mais que as demais. 

 

2 – O Branding cria reconhecimento

Num mercado onde a concorrência está cada dia mais acirrada, é necessário saber se diferenciar para se firmar em seu mercado. O Branding é uma das bases para a solidez das empresas, pois desenvolve no consumidor a sensação de familiaridade, sentimento fundamental para a fidelização. 

 

3 – O Branding potencializa a propaganda

Muitas empresas cometem o erro comum de investir pesado em propaganda, sem, contudo, fortalecer suas marcas através do Branding. A verdade é que quando uma marca é reconhecida, o esforço para criar campanhas se torna menor. O Branding se torna assim numa espécie de marketing natural, que amplifica as ações de sua empresa. 

 

4 – O Branding atrai novos consumidores 

Fidelizar os clientes atuais é importante, mas para expandir seus negócios é preciso conquistar novos clientes. O Branding é um ótimo cartão de visitas para manter a atenção dos consumidores recém-chegados ao seu negócio. Uma marca sólida se destaca de modo natural, fazendo com que novas portas se abram e novos consumidores entrem. 

 

O que é Branding e como ele pode transformar o seu negócio para melhor

Como o Branding é feito?

Cada empresa tem um estilo e uma mensagem a ser dita. O Branding deve estar afinado com o modelo de cada tipo de negócio. A criação de um planejamento de marca na BeMark é feita com o acompanhamento de nossos especialistas no assunto. Não existe modelo pronto, aqui sua empresa recebe atendimento personalizado e sob medida para os seus projetos. 

A nossa estratégia segue 5 passos objetivos. Veja só:

 

Passo 1 – Identificar o que seus clientes mais gostam em sua empresa

Quais são os seus pontos fortes? O que faz do seu negócio algo único? O que merece ser destacado em seu negócio para ampliar o poder de sua marca? Essas são as perguntas que deveremos responder ao longo do processo. 

 

Passo 2 – Criar uma mensagem poderosa 

O Branding precisa ser capaz de dizer ao seu cliente que sua empresa está disposta a resolver um problema real. É preciso saber de maneira clara se o que a sua empresa está prometendo aos clientes está sendo cumprido. Se a ideia de promessa não lhe parecer clara, pense nesses exemplos:

  • A rede de hotéis Íbis promete conforto com preços econômicos. 
  • A marca de chocolates Kopenhagen promete refinamento e um toque clássico.
  • A marca de sabão em pó Omo promete brancura e maciez. 

A promessa deve ser sempre algo possível de ser realizado e todo o projeto de Branding deverá respeitar isso. 

Imagine se hospedar num Íbis e pagar o preço de um hotel de luxo, ou morder um chocolate Kopenhagen e não encontrar bons ingredientes, ou ainda ver suas roupas brancas encardidas depois de usar os produtos Omo. Seria algo certamente decepcionante. Portanto lembre-se:

O Branding é o cumprimento de uma promessa. A confiança do cliente só é ganha quando a marca cumpre com o que prometeu. 

 

Passo 3 – Criar identidade visual coerente com o propósito da marca

Todos os elementos visuais devem estar de acordo com a ideia que sua empresa vende. Nesse setor a equipe de designers da BeMark ficam encarregados de produzir os melhores modelos de logomarcas e padronizações de cores e tipografia. 

Quer um exemplo de como o design é importante? Veja só o caso do banco digital Nubank. O público que contrata seus serviços é jovem e arrojado, isso se reflete nas cores e estilo de todo o material visual usado por essa companhia. 

Já os clientes do banco de investimentos BTG são conservadores e mais tradicionais; fato que fica claro no uso de letras clássicas e cores neutras em todo o Branding da marca. 

 

Passo 4 – Desenvolver uma cultura da marca dentro de sua empresa

Toda a sua empresa precisa vestir a camisa e abraçar o tema do Branding. Não é por acaso que as comissárias de bordo das companhias aéreas se vestem com tanto cuidado – elas são a personificação da marca para qual trabalham. 

Essa atitude deve ir muito além do uniforme. Seus funcionários e diretores precisam compreender e praticar os valores da empresa, reforçando a importância dos mesmos em cada ação da empresa. 

 

Passo 5 – Padronizar a forma como a empresa se comunica com o cliente 

E-mails, site, blog, redes sociais – todos os canais físicos e digitais devem estar de acordo com sua linguagem visual e de valores. Essa padronização é visa facilitar a comunicação com o cliente, bem como a identificação de sua marca em qualquer veículo.  

 

Como a BeMark pode ajudar na criação de um planejamento de Branding?

A BeMark é bem mais que uma agência, é um hub de ideias a serviço do seu negócio. Nossa equipe está preparada para criar a melhor estratégia de Branding, sempre levando em conta estilo e peculiaridades do seu negócio. 

Você terá a experiência de nossos especialistas e uma equipe qualificada para atuar no desenvolvimento do Branding em diversos modelos – da identidade visual impressa até a construção de sites e e-commerce. 

Contamos com clientes 100% satisfeitos (talvez de diversos segmentos) e somamos diversos projetos de sucesso para empresas de diferentes setores e modelos. Não importa se sua empresa está começando ou se já está consolidada no mercado. Estamos aqui para lhe ajudar a atingir novos resultados através do marketing.

Ao longo dos últimos anos já reformulamos várias marcas e desenvolvemos novas formas de posicionamento para empresas de destaque como a Dicolore, CRF Construtora, Moratta, SBX, Benutex, Dolcii, Brusinox e Valletex (confira o case de sucesso da Valletex neste link)

 

Chegou a hora de transformar a sua empresa para melhor. Fale hoje mesmo com um de nossos especialistas.